História da Faculdade

• Ocorre no campus a apresentação do Gaither Vocal Band, um dos maiores grupos gospel de todos os tempos.
• Realizada a Aventura Carajá.
• IAENE recebe o CRUASA (Comissão dos Reitores Universitários Adventistas Sul Americanos).
• Montado o Centro de Mídia (IAENE Media Center).
• Início do novo curso superior: Psicologia.
• Primeiro SPA de Férias, realizado pela Clínica-Escola.
• Em festa magnífica, com a presença do Governador Jaques Wagner e de mais 12mil pessoas, IAENE comemora 30 anos. Na ocasião também é realizado o 1º Grande Reencontro de IAENENSES.
Daniel Cruz - 30 anos do IAENEbr
• Ampliação do Restaurante, que agora tem capacidade para 700 pessoas.
• Realizado o Simpósio Teológico Sul-Americano.
• Inaugurada a nova ala do Residencial Feminino. • Gravado o CD do Coral Universitário – Somos Um, sob a direção do Prof. Pablo Sanches. • Realizado o I Congresso Científico da Faculdade Adventista.
• Iniciam-se os preparativos do novo curso superior, Enfermagem. Em novembro, é realizado o primeiro vestibular integrado com o futuro curso.
DIRETOR GERAL: Gilberto Damasceno • Iniciado o Núcleo de Pós-Graduação. • Inaugurada a nova ala do Residencial Masculino.
• Praça da Amizade recebe uma nova roupagem, com direito à gazebos e espelho d'água. • IAENE, que ainda tinha várias alamedas em terra, recebe calçamento. MATURIDADE
• Faculdade adquire geradores e nova Caixa d'água. • Aniversário de 25 anos movimenta 7mil pessoas. • É inaugurada a nova Biblioteca, localizada ao lado do prédio do SALT. • Refeitório é reformado completamente.
DIRETOR GERAL: José Elias Zanotelli • Após 11 anos de construção, é inaugurado o Templo do Campus. • Criada a Praça Milton Afonso, dando fim à quadra central. • Primeiras formaturas de Fisioterapia e Pedagogia. • IAENE recebe o 1º ENDESCA (Encontro Desportivo dos Colégios Adventistas – Nordeste).
• Primeira Formatura de Administração. • I Congresso de Criacionistas. • I Congresso Universitário feito pela UNIVIR.
• Acontece a criação da marca "Faculdade Adventista da Bahia". • Quadras do pólo esportivo são cobertas. • Projeto "Vila Olímpica" se inicia. • Inaugurada a Clínica-Escola, uma das mais modernas do país. • É montada a Associação dos Universitários Adventistas do IAENE, a UNIVIR, a partir da Escola Sabatina dos Universitários e do Coral Universitário.
• Acontece o Projeto NewStart, com o Dr. SangLee. • Internato do IAENE é destaque na revista ISTOÉ. • Curso de Fisioterapia é destaque na revista do Conselho Federal de Fisioterapia. • IAENE recebe auxílio da Escola Sabatina Mundial.
• SALT cria o Instituto de Evangelismo, confirmando a vocação que se tornaria o diferencial mundial do curso de teologia do IAENE. • Entra no ar a primeira versão do site do IAENE na internet. • Construído o Edifício Maranata, para moradia de professores e funcionários. IAENE - Vídeo Institucional 1999 - Faculdade Adventista da Bahia
• Em cerimônia que tem a presença do Governador do estado, César Borges e do Senador Paulo Souto, além de líderes eclesiásticos e civis, são lançados os cursos superiores do IAENE, efetivando a transformação da escola em uma instituição universitária. Logo em seguida é lançado o primeiro vestibular para o curso de administração, que tem a primeira turma se iniciando no mês de agosto. • É construída a nova portaria da escola. • É realizado o primeiro vestibular dos três cursos em conjunto, no mês de novembro.
• Os grupos musicais da instituição, sobre a gerência do Prof. Carlos Santana, gravam o primeiro trabalho histórico da Escola de Música. É o CD "Louvor e Exaltação". Além disso, inicia-se o projeto "Banda Sinfônica". • Começam as construções dos prédios do ensino superior. ENSINO SUPERIOR FLORESCE
DIRETOR GERAL: Clóvis Bunzen Júnior • É inaugurada a Piscina do Campus. • Surge o PROEC – Programa de Extensão Cultural. • Começam os estudos para a implantação do ensino superior no campus. As primeiras propostas são Administração, Pedagogia, Fisioterapia e Ciência da Computação.
• São realizados os primeiros Jogos Internos de toda a instituição. • Inicia-se mais um curso no Ensino Médio: Técnico em Enfermagem.
• É criado o Conjunto de Sinos. • É montado o Complexo Poli-Esportivo.
• Gado do IAENE recebe uma série de prêmios nacionais. • É construído o Edifício Shalom, para residência de funcionários e professores. • IAENE sedia encontro de professores de toda a rede educacional adventista na região este-brasileira (Do Piauí até o Rio de Janeiro). O evento ajuda o IAENE a se destacar ainda mais na região.
• Começa a construção do templo do campus. Em setembro é realizado o primeiro mutirão para colocação das fundações. • Instala-se a telefonia no campus.
DIRETOR GERAL: Zeferino Stabnov • Uma das características do IAENE é o senso de amizade para toda a vida que a instituição promove. Para celebrar esta vocação, foi construída a Praça da Amizade, como um monumento de incentivo à esta prática. • É escolhido o local do futuro templo. Ao lado da escola de música, onde era o campo de futebol. É lançada a Pedra Fundamental.
• Primeira reforma de ampliação do Residencial Masculino. • Começa a construção do prédio da Escola de Música. • Inicia-se mais um curso no Ensino Médio: Técnico em Magistério.
• Horta é retirada da área central do campus e transferida para áreas periféricas. • A área de pecuária começa a se desenvolver fortemente.
• O Ensino Médio, em franco crescimento, começava agora a "rivalizar" com o recém-chegado SALT. Motivo: espaço. Para tanto, é construído, em tempo recorde, o Novo Prédio de Aulas, que também abrigava a administração da instituição. Para lá foi transferido o Ensino Fundamental e o Médio, além do único telefone da instituição.
DIRETOR GERAL: Valdemar Lauer • Em decisão importante, a mantenedora decide retirar o Seminário de Teologia, setor norte do Brasil, do Educandário Nordestino Adventista, em Pernambuco. O IAENE, por sua melhor localização, é escolhido para receber o SALT. Esta decisão muda, para sempre, a instituição, que se torna vocacionada para o ensino superior.
• Termina a construção do Residencial Feminino. CHEGADA DO SALT E CRESCIMENTO
DIRETOR GERAL: Ner Costa Souza • Começa a "urbanização" do campus. São criadas as alamedas (de carros e pedestres), que serviram de base para a atual configuração do campus. • Começa a construção do Residencial Feminino.
DIRETOR GERAL: Daniel Baía • É implantado mais um curso no 2º grau: o curso "Científico", que depois viria a se tornar o padrão de ensino médio. • Em outubro, o IAENE recebe a ilustre visita do presidente mundial da Igreja Adventista, Pr. Neal Wilson.
DIRETOR GERAL: Gustavo Pires • Acontece a primeira formatura do Ensino Médio. São 9 formandos em Contabilidade e 29 formandos em Habilitação Básica em Saúde.
• Residencial terminado. O prédio é dividido entre moças e rapazes. Ainda hoje é utilizado como residencial masculino (ala antiga). Refeitório também é concluído.
• É implantado o Ensino Médio (antigo 2º grau). Os cursos eram Contabilidade e Habilitação Básica em Saúde. • Na área da música, dá-se início à Escola de Música. Prof. Rossine cria o Coral Sibélius, o principal coral da instituição. O coral manteve este nome até o ano de 1996. • Iniciaram-se as construções do prédio Residencial, com o objetivo de aposentar os locais de moradias dos internos, já impróprios pela precariedade das estruturas. Ainda no âmbito do internato, a primeira grande horta é estruturada e diversos bolsistas (industriários) já iniciam seus trabalhos.
• Neste ano, foi implantado o segundo curso regular da instituição: o ensino fundamental (na época, 1º grau). Na área espiritual, aconteceu o primeiro batismo, ministrado, entre outros, pelo Pr. Aliomar Araújo. O local foi um lago localizado atrás do campus, ao lado da atual linha férrea. • Na ocasião do primeiro aniversário, inaugurou-se a épica quadra poliesportiva central, que se tornou o grande ponto de encontro do internato. Ela foi desativada em 2003, por ocasião das construções da Praça Milton Afonso. • Ainda no tema das construções, talvez o mais famoso cartão-postal do campus foi construído: a caixa d'água em forma de Tampa de Caneta. Até hoje ela está em pé, no centro da Praça da Amizade, marcando a vida de todos que passam pelo campus. Inicia-se a construção do Prédio de Aulas e a igreja, que funcionava em capela ao lado do prédio de aulas.
DIRETOR GERAL: Valcy Valfredo Santos. • Foi em 1977.O Ano da Fundação de Nossa Escola! Nesse ano inicia-se um Curso Supletivo com 25 alunos pioneiros, todos eles bolsistas. Nesta época, funcionava no mesmo casarão, localizado defronte ao Prédio Administrativo, a Administração, os Dormitórios, o Refeitório e a Cozinha. Neste mesmo local se realizava os cultos de sábado e também as aulas do curso supletivo, durante a semana. • Chegou o Grande Dia! O Histórico 14 de Outubro de 1979! Esta foi a data de lançamento da Pedra Fundamental do Instituto Adventista de Ensino do Nordeste. Mais de 600 pessoas estiveram presentes na grande celebração de inauguração. No casarão aconteceu um culto de consagração e dedicação da escola. Estiveram presentes neste culto várias personalidades da mantenedora na época, como Pr. George Babcok (Conferência Geral da Igreja Adventista - EUA); Pr. Nevil Gorski (Divisão Sul-Americana); Pr. Carlos Borda (Tesoureiro da UEB); Pr. Corino Pires (Educação-UEB); Pr. Alfredo Hollz (Missão Bahia); Afrâneo Feitosa (Educação-MBA), representantes do governo municipal e funcionários da instituição. No púlpito haviam dois tijolos dentre os primeiros feitos na "Fábrica de Pré-Moldados do IAENE". Houve uma cerimônia de entrega do primeiro tijolo, entre Dr. Milton Afonso e Pr. Zilton Krüger (Tesoureiro da MBA). O segundo tijolo foi colocado dentro da base da pedra fundamental (Ambos exibiam a sigla IAENE e a data 14-10-79). • Logo após o Culto, foi realizada a cerimônia de Lançamento da Pedra Fundamental do IAENE, atual Faculdades Adventistas da Bahia. O monumento, que continua erguido até o dia de hoje, possui uma forma piramidal formado por 3 módulos encaixados um em cima do outro. Ele foi idealizado por Earl Witzel, que preparou as fôrmas e encheu-as de cimento. Na marcenaria foi feita uma caixa envernizada onde foram colocados uma Bíblia, um livro Educação (de Ellen G. White) e a lista dos presentes em pergaminho. Keyt Witzel, filho do "tio" Earl Witzel, conduziu os módulos da Pedra Fundamental até o local da inauguração e também as montou.
• A escritura foi assinada no dia 23 de Fevereiro na Sala da Câmara Municipal de Cachoeira, antigo Paço Municipal. A quitação da compra foi efetivada pela Golden Cross, na pessoa do Dr. Milton Afonso, importando, na época, na quantia de 3 milhões de cruzeiros. • Neste ano, a Missão Bahia enviou seus funcionários, pioneiros desta escola: José Pereira da Silva e esposa, e logo, a seguir, Arnaldo Ferreira. No dia 2 de abril a primeira caravana oficial com membros da administração, pastores e funcionários do escritório realizou o primeiro culto na antiga casa da fazenda, localizada onde hoje fica o Edifício Shalom, tendo como orador o Pr. Alfredo Holtz, presidente da Missão. • Os trabalhos iniciais foram liderados pelo Prof. José M. Bertolucci, vindo do Educandário Nordestino Adventista e posteriormente pelo engenheiro agrônomo Dr. Earl W. Witzel, vindo também do ENA. O primeiro trabalho foi a edificação do Prédio Principal da escola. Ele se localizava defronte ao que hoje é o Prédio Administrativo. Esse seria o casarão central, onde funcionaria praticamente tudo! • O Plano Piloto foi elaborado pelo arquiteto Eduardo Lula e a administração da Construção ficou a cargo do Pr. Walcy W. Santos que, além de Diretor-Geral, era também o gerente-tesoureiro e diretor interno da Escola. • Começa a funcionar a Fábrica de Blocos e Pré-Moldados, que se localizava onde hoje é a área de produção de nossa escola.
• Esse realmente é o primeiro ano da história da nossa instituição. Depois de muito tempo de sonho, finalmente, em Julho, a União Este-Brasileira da IASD decidiu a implantação de mais uma escola, a nível de internato. Desta vez, o Estado da Bahia seria o contemplado! • Após esta deliberação, uma equipe de líderes da então Missão Bahia (hoje Associação Bahia da Igreja Adventista) começou a inspeção de fazendas para a implantação da escola. Mais de 20 propriedades foram vistoriadas. Finalmente, no mês de outubro, a Fazenda Capoeiruçú, na localidade de mesmo nome, município da Cachoeira, de propriedade do Sr. Clóvis Vasconcelos foi adquirida, após visita dos líderes.

MAIS NOTÍCIAS