Estudantes de odontologia da Fadba dedicam suas férias em ONG para crianças vulneráveis

Dois irmãos foram ao outro lado do mundo para atuar no projeto WINNERS, usando sua graduação como instrumento para ajudar o próximo

Isabela Vitória

Daniel Rodrigues e seu irmão, Michael Rodrigues, graduandos do curso de odontologia na Faculdade Adventista da Bahia (Fadba), tinham um desejo em comum: usar o conhecimento que recebiam na graduação para ajudar aqueles que são socialmente desprivilegiados e não possuem acesso à saúde básica.

“Eu já estava atrás de um projeto onde pudesse ajudar principalmente crianças, por coincidência meu pai conhece o líder de uma ONG no Líbano. Um amigo meu, dos Estados Unidos, também estava indo para lá no meio do ano, então montamos tudo certinho e por fim consegui passar um mês com meu irmão no projeto”, comenta Daniel Rodrigues.

A ONG ajudada pelos estudantes se chama WINNERS e atua no Líbano há 2 anos. Lá, crianças refugiadas têm a oportunidade de participar de aulas de inglês, computação, costura, música e futebol, recebendo também o transporte para que possam frequentar a escola formal. Além disso, outro objetivo do projeto é enviar jovens para estudarem o curso superior em universidades ao redor de todo o mundo.

Visando a situação de fragilidade e o pouco acesso a condições básicas de saúde e informação, Daniel (4º período de odontologia) e Michael (10º período de odontologia) decidiram dedicar suas férias em prol do projeto. Foi um mês de muito trabalho, examinando, palestrando e ensinando para as crianças sobre higiene bucal e escovação. Além disso, presentearam cada uma delas com uma escova e uma pasta de dente.

Para Daniel, essa experiência foi única: “É uma honra fazer parte desse projeto, o que eles têm feito é algo incrível. A gente sempre escuta falar de ONGs assim, mas só quando estive lá é que percebi que a realidade deles é algo completamente diferente de tudo que eu já vivi. Trabalhar com essas crianças e ter a oportunidade de ajudá-las é algo que mudou minha vida. É tão gratificante que não dá para explicar em palavras. Quando você vê a criança te olhando, como ela fala que te ama, você vê que elas são puras e que realmente precisam de ajuda, isso para mim é a coisa mais gratificante que tem. Fazer parte desse projeto foi uma das melhores escolhas que fiz na minha vida”.

O projeto WINNERS já tem muitos frutos, sejam eles lá no Líbano ou mesmo aqui no Brasil. É através dessa ONG que uma jovem está cursando a graduação de ensino superior aqui no Brasil e outros três jovens estão sendo encaminhados para seus devidos cursos ao redor do mundo.

 

Olá! Eu sou a Ane.
Posso ajudar?